Lentes de Contato

As lentes de contato são uma excelente opção para corrigir os erros refrativos que conhecemos (Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia). Além disso, é uma das opções que temos para ajudar aqueles que não gostam e usar óculos.

 

Que tipos de Lentes de Contato existem?

Uma das formas de classificarmos as lentes é pelo seu material. Dessa forma, temos as Lentes Rígidas que oferecem uma excelente acuidade visual aos seus usuários pela regularização da superfície da córnea e permite uma durabilidade maior com o seu uso correto, sendo portanto, mais econômicas. Essas lentes também são usadas para o tratamento do Ceratocone.

Além dessas, existem as lentes de contato gelatinosas que sofreram diversas mudanças nos seus materiais chegando até as de última geração, chamadas de silicone hidrogéis. São lentes extremamente confortáveis. Essas lentes podem ser trocadas diariamente, mensalmente ou anualmente.

 

Adaptação

A importância do exame oftalmológico para uma boa adaptação da lente de contato se deve porque nem todos estão aptos para usar esse artifício óptico de correção visual. O médico deve avaliar desde simples detalhes da história do paciente como alergias até estruturas microscópicas do olho como a córnea e o filme lacrimal para permitir o bom uso da lente sem complicações à saúde ocular.

A utilização segura de lentes de contato requer a supervisão do oftalmologista. É ele o profissional capacitado a autorizado a determinar qual o melhor tipo de lente a ser usado.

Nós do Centro de Diagnóstico e Tratamento Ocular não recomendamos o uso das lentes de contato durante o sono. Essa prática prejudica a saúde ocular dos pacientes e deve ser desencorajada não só pelos oftalmologistas como também por todos os profissionais da classe médica.